fbpx
Agronegócio
Publicação em 20 de janeiro de 2021

6 dicas para aumentar as vendas na sua loja agropecuária

Sabemos que todo empreendedor quer aumentar as vendas na sua loja agropecuária e atrair mais clientes. Porém, na prática, há uma série de desafios que precisam ser superados para que isso aconteça.

Por isso, reuni dicas relevantes para aumentar suas vendas, conquistar mais clientes e elevar seu faturamento. Confira!

6 dicas para aumentar suas vendas

Aumentar as vendas na sua loja depende do investimento em práticas que garantem uma maior visibilidade para seu negócio, estratégias certeiras e vendedores comprometidos.

Porém, apesar da importância de ter uma boa visibilidade entre os clientes e o público em geral, é comum que os gestores fiquem presos no operacional e não tenham tanto tempo dar a atenção devida ao assunto.

Isso é ainda mais frequente em pequenos negócios, em que uma única pessoa acaba sendo a responsável por diversos processos na loja.

Separamos, então, 6 dicas para aumentar as vendas na loja agropecuária. Confira:

1.Estabeleça e monitore metas de vendas

Na agropecuária o planejamento é crucial, uma vez que o mercado é sensível a oscilações, fazendo com que a relação entre empresa e cliente seja uma parceria de confiança e longo prazo.

Por isso, é indispensável conhecer o potencial de mercado da região em que atual. Com ele, é possível identificar a quantidade de vendas para determinado produto e o quanto seu negócio precisa crescer, e assim, definir estratégias e definir metas.

As metas são a forma como o objetivo será atingido e irão basear as ações necessárias para a visita e negociação.

Sendo essenciais para aumentar as vendas, as principais são:

  • Meta por mix de produtos

Defina metas de vendas para aumentar a margem de lucro do mix de produtos calculando o valor do ticket médio do mesmo. Ao calculá-lo, é possível identificar quanto cada cliente gasta em média, bem como a média de receita produzida por um funcionário do estabelecimento ou por produto comercializado.

  • Meta por fabricante

Ao definir metas por fabricante, o gestor pode criar uma rotina regular para analisar os resultados, identificando quais produtos e bandeiras estão sendo mais comercializados.

  • Meta por loja

Sabemos que as vendas de cada loja podem ser diferentes por inúmeros fatores, como localização, tipo de produtos ofertados, sazonalidade, entre outros. Por isso, saiba diferenciar as metas de vendas para cada uma delas.

  • Meta por vendedor

Aqui, é preciso que você defina quais metas seus vendedores devem alcançar. Lembrando que elas não podem ser altas demais e trabalhar com modelos de comissões é sua melhor opção.

  • Acompanhar e tomar decisões

É imprescindível estabelecer objetivos claros com a equipe de vendas. Esses objetivos podem ser divididos por dia, semana e meses e para acompanhar o desenvolvimento deles, faça reuniões frequentes com o time para analisar o desempenho do que foi estipulado.

Isso é possível fazendo uma análise comparativa do potencial do cliente com as metas de venda e com as vendas realizadas.

2. Gerencie sua necessidade de compras

Organização e estoque são os segredos para que a loja consiga atender as necessidades do seu cliente. E quando falamos em vendas, isso não seria diferente.

O mix de produtos de uma loja agropecuária pode ser o mais variado possível para atender pecuaristas, produtores e outros públicos.

Por isso, ter o produto certo na hora certa é indispensável, e é aí que entra a importância de gerenciar suas necessidades de compras.

Quando falamos em gerenciar estoques, isso reflete diretamente nas vendas. No Blog Siagri você encontra um artigo completo com 6 passos simples para a gestão do estoque na loja agropecuária.

3. Aposte nas vendas combinadas de produtos

Você sabia que a venda combinada de produtos, também conhecida como “vendas cruzadas”, é uma das estratégias mais utilizadas no mercado?

Ao contar com um diversificado mix de produtos, o objetivo é vender mais em apenas uma única transação, oferecendo produtos que agreguem valor ao item selecionado inicialmente pelo cliente.

Além de tornar a experiência do cliente mais completa dentro da sua loja, pesquisas indicam que as vendas cruzadas aumentam, em média, entre 10% e 30% das transações.

Por exemplo, você pode vender um arame para cercamento com os acessórios necessários para a instalação da cerca e oferecer um desconto pela compra conjunta.

O ideal é que sempre considere a experiência dos clientes na hora de elaborar essas ofertas. Afinal, o objetivo é facilitar a vida deles e conquistá-los pela praticidade.

4. Fidelize seus clientes

Segundo uma pesquisa realizada pela Econsultancy, um cliente que já comprou anteriormente tem 50% de chance de provar novos produtos da empresa e gastar até 31% mais do que novos clientes.

E ainda, em média, 20% dos clientes fidelizados de uma empresa respondem por 80% de seu faturamento, de acordo com pesquisa do Sebrae.

Para isso, você pode criar programas de fidelização e oferecer descontos especiais para os clientes mais leais. Além de aumentar as vendas significativamente, você pode:

  • Acompanhar a rotina de consumo dos clientes;
  • Entender os hábitos de compra deles (quantidades, marcas preferidas etc.);
  • Criar promoções;
  • Estimular a indicação da loja para outras pessoas.

5. Promova marcas com maior valor agregado

As marcas com maior valor agregado são aquelas que têm um preço mais alto, mas, em contrapartida, também oferecem mais vantagens para o cliente.

Em geral, elas são as fornecedoras mais populares entre as pessoas que consomem medicamentos veterinários, rações e insumos agrícolas.

Por isso, visando um atendimento realmente personalizado, o ideal é ter a capacidade de explicar como é feita a utilização de determinado insumo. Indo além de apenas conhecer as marcas mais valorizadas.

Em muitos casos, isso não será possível. Então, busque auxiliar o consumidor na compra e entre em contato com os fornecedores para entender as especificidades daquele produto.

Sendo assim, quando você dá o destaque necessário para elas em seu estabelecimento, os produtos com maior preço médio por categoria tendem a sair mais, aumentando seu rendimento.

Várias empresas disponibilizam displays, prateleiras e outros materiais personalizados, melhorando a visibilidade do próprio produto dentro da sua loja e servindo, também, como atrativo para clientes que já fazem o uso daquela marca. Isso é o que chamamos de “trade marketing”.

6. Faça parceria com bons fornecedores

Como falamos acima, as marcas que seu cliente irá encontrar em sua loja influenciam na decisão de compra.

Por isso, a dica agora é estabelecer parcerias com bons fornecedores, que possuam qualidade e já invistam na sua própria divulgação.

Algumas marcas já são tão conceituadas que é comum o cliente pedir exatamente por elas. Não encontrá-las na sua loja pode resultar em um menor número de vendas e mesmo fazer com que o cliente não volte.

Mas não é só isso: bons fornecedores podem ajudar com expositores, palestras, eventos para clientes, produtos para demonstração e muito mais.

Realizar uma boa gestão de fornecedores reduz custos, aumenta o valor agregado dos produtos e facilita negociações de preços e prazos.

Dessa forma, mesmo que não seja de fabricação própria, a sua imagem está envolvida, colaborando para manter sua boa reputação no mercado, já que a garantia de qualidade já está ligada diretamente com o produto.

Bônus: capacite seus vendedores

Mais do que contratar bons vendedores, você deve se assegurar de que eles têm o preparo necessário para lidar com o perfil de cliente que frequenta a loja.

As relações com o pecuarista e o produtor rural não são mais as mesmas. São novos tempos, nova geração e novas demandas. Por isso, melhorar a performance da equipe de vendas da sua loja também é necessário.

Estamos falando tanto de treinamentos sobre vendas quanto sobre os produtos oferecidos pela sua agropecuária.

Não é necessário que seus funcionários entendam tudo sobre determinado produto, mas é importante ter o apoio dos profissionais especializados como veterinários e agrônomos para personalizar o atendimento.

Preparamos um conteúdo sobre o tema para revendas de insumos agrícolas, que possuem alguns processos similares a lojas agropecuárias. Confira abaixo:

Você sabia que a Plantar Educação, uma das startups do Grupo Siagri, possui uma plataforma de educação corporativa 100% EaD para o agro? Cursos sobre fidelização de clientes, práticas de negociação, atendimento aos clientes, vendas assertivas e muito mais são disponibilizados na plataforma.

Assim, seu time será capacitado de forma rápida, fácil e econômica.

Coloque as dicas em prática e aumente as vendas na loja agropecuária

Todas as dicas e estratégias citadas neste artigo não são complicadas de se colocar em prática. Porém, sabemos que o dia a dia corrido da gestão de uma loja agropecuária pode ser uma dificuldade.

Por isso, organize suas prioridades. E não esqueça de sempre acompanhar seu fluxo de caixa. Afinal, dele dependem todas as outras áreas do negócio

Siga o passo a passo para aumentar as vendas na loja agropecuária e conte com o Grupo Siagri para isso! Conheça nosso software especializado em agropecuárias e ganhe em eficiência operacional e comercial, basta clicar aqui.

Marcos Souza

Marcos Souza

Coordenador da Consultoria AgroScore no Grupo. Há mais de 8 anos no Agronegócio, estruturo processos de Distribuidores de Insumos, Lojas Agropecuárias, Armazéns e Originação de Grãos.