fbpx
Agronegócio
Publicação em 03 de março de 2021

Entenda o fluxo de caixa no agronegócio

Os negócios rurais estão cada vez mais competitivos, por isso, a melhoria na gestão do ramo vem crescendo a cada ano. E uma de suas ferramentas é a implantação do fluxo de caixa na agricultura.

Utilizado em gestão financeira de diversas áreas, o fluxo de caixa é o registro de todas as transações financeiras de um negócio. Com isso, a avaliação da saúde financeira do produtor rural fica mais clara.

É analisando o fluxo de caixa que o produtor rural sabe se pode investir em novos maquinários, contratar funcionários e em outras áreas – entendendo assim as prioridades de seus investimentos.

Gestão financeira agrícola

A administração financeira, ou a gestão financeira, é o conjunto de ferramentas de controle das finanças de uma organização.

Independente do tamanho do negócio, o investimento em uma boa gestão financeira é ideal para o controle de capital.

No agronegócio, a gestão financeira é ainda mais importante, considerando o grande impacto das oscilações no mercado. É essencial gerenciar movimentações como contas a pagar e receber, tesouraria, realizar a equivalência em outras moedas, além da emissão e acompanhamento de CPR (Cédula de Produtor Rural).

Tudo isso oferece insumos para que o produtor tome as melhores decisões no negócio. Por isso, o fluxo de caixa na agricultura é fundamental.

Entradas e saídas no fluxo de caixa

Dentro do fluxo de caixa é observado, pelo produtor, as entradas (receitas) e saídas (custos) de seu negócio. Esse passo é fundamental, visto que a análise de dados incorretos podem comprometer todo um planejamento.

Por conta da correria do dia a dia de uma fazenda, alguns produtores deixam esse registro de entradas e saídas para o fim da safra. O que pode fazer com que as contas não fechem.

Esta imprecisão pode causar decisões financeiras equivocadas. Então, cabe ao produtor rural dar atenção especial a esse item do seu planejamento de gestão.

Outra dica para o produtor rural é a de que ele categorize suas entradas e saídas. Por exemplo, os gastos administrativos são diferentes dos gastos com fornecedores de insumos e devem ser anotados de forma separada.

Saldo final e lucro

Com seu fluxo de caixa em mãos, o produtor rural deve saber analisar itens como o saldo final e o lucro.

O saldo final é calculado diariamente e é o resultado da soma de dinheiro que se tem em caixa ao fim de um dia.

Já o lucro é dividido em dois: o lucro bruto, que não leva em consideração os gastos da produção, e o lucro líquido (também conhecido como lucro real).

Para saber mais sobre lucratividade, acesse nosso conteúdo sobre o cálculo de lucro por hectare para produtores rurais.

Benefícios de uma boa gestão

Fazendo uma boa gestão financeira em uma propriedade rural, com a utilização do fluxo de caixa, fica mais fácil para o produtor lidar com os desafios do seu negócio.

Assim, ele estará mais preparado para enfrentar situações como reduções no faturamento, altas taxas de juro e custos de crédito.

A curto prazo, ele poderá, por exemplo, escolher as melhores datas para o pagamento de fornecedores. Já a médio prazo, uma boa gestão financeira permite a previsão e o planejamento de empréstimos e renegociação de possíveis dívidas.

No longo prazo, o produtor rural que possui um bom controle das finanças de seu negócio consegue criar reservas e alocar recursos para investir, por exemplo, na ampliação da sua área produtiva.

Tecnologia aliada ao fluxo de caixa na agricultura

Atualmente, no mercado existem diversas soluções tecnológicas que facilitam a implementação do fluxo de caixa no agronegócio.

Esses sistemas conectados auxiliam o produtor rural a acompanhar os indicadores de desempenho mais importantes de seu negócio.

No cotidiano de um negócio rural, nem sempre é fácil para o gestor ficar atualizando anotações e planilhas de gastos e receitas diariamente.

Por isso, a implementação de um software de gestão voltado para o agronegócio agiliza o monitoramento das finanças de uma fazenda.

Software de gestão

O ERP AgriManager, do Grupo Siagri, é um software de gestão criado para suprir as necessidades de controle do negócio para produtores rurais de grãos e algodão.

Com ele, o gestor rural consegue acessar relatórios e históricos de informações em poucos minutos.

Além disso, dentro do ERP AgriManager é possível fazer o planejamento da safra de seu negócio agrícola, utilizando a previsão de consumo e de compra de insumos e o planejamento de atividades operacionais.

Também é possível fazer gestão de maquinário, controlar a produtividade da lavoura talhão por talhão, monitorar a armazenagem de grãos, acessar contratos de compra e venda e ver o faturamento da safra.

Conclusão

A boa gestão financeira de um negócio rural permite aos produtores o controle dos gastos e receitas. E, com isso, a análise dos melhores investimentos para a expansão do negócio fica mais fácil.

Dentro dessa gestão está a ferramenta fluxo de caixa, que auxilia as decisões de investimentos do produtor rural.

Uma maneira de facilitar esse processo de monitoramento diário das finanças de um negócio rural é a implantação de um software voltado para o agronegócio.

Se você é produtor de grãos e algodão e possui uma área de mais 2 mil hectares de lavoura, solicite uma demonstração do ERP AgriManager do Grupo Siagri, e saiba mais sobre as vantagens e facilidades de usar tecnologia no campo.

Cicilio Manfroi

Cicilio Manfroi

Arquiteto de Soluções no Grupo Siagri há mais de 8 anos. Responsável pela estruturação de oferta do ERP AgriManager de encontro com a produção agrícola, beneficiamento de sementes e beneficiamento de algodão.