fbpx
Agronegócio
Publicação em 07 de abril de 2021

5 dicas para implementar a gestão de compras na sua fazenda

A implementação de uma política de gestão de compras dentro de uma fazenda evita a falta de produtos, erros no controle de insumos e prevê custos extras que podem aparecer durante a lavoura.

De acordo com a Associação dos Distribuidores de Insumos Agrícolas e Veterinários (ANDAV), a principal preocupação dos produtores rurais é referente às ofertas de crédito na hora de comprar insumos – já que esses representam o maior gasto numa safra.

É claro que cada negócio agrícola possui suas particularidades, mas no geral todos buscam produzir mais com a melhor qualidade possível.

Pensando nisso, separamos 5 dicas que ajudam os produtores a implementar uma gestão de compras efetiva em suas propriedades rurais.

1. Controle de estoque

Para ter uma boa gestão de compras, comece pelo controle de estoque pois ele reduz o risco de perdas e evita erros como a aquisição de produtos em excesso.

No estoque de uma fazenda é possível monitorar todos os itens necessários em uma safra: insumos, peças de maquinários e demais artigos de consumo.

Com isso se tem a visão do que precisa ser realmente comprado, evitando gastos desnecessários. Além de que um bom controle de estoque contribui para a movimentação mais fluida de itens que estão armazenados.

Em teoria parece complicado monitorar o estoque de uma grande propriedade rural, mas existem maneiras que facilitam na hora de colocar isso em prática:

Fazer um inventário de todos os itens estocados é o primeiro passo, é importante anotar quantos são e de quais tipos. Uma outra dica é enumerar os itens para que o controle seja mais simples.

Depois disso, é importante se ter controle das entradas e saídas do estoque registrando as datas e horários de cada movimentação.

Um software de gestão agrícola faz toda a diferença quando o assunto é facilidade de gerir um estoque. Pois nele é possível colocar a localização do produto, quantidade disponível, datas de validade e demais informações importantes para um bom controle.

2. Relacionamento com fornecedores

Nossa segunda dica para a implementação da gestão de compras em negócios rurais é ter um bom relacionamento com fornecedores.

O setor responsável pelas compras da fazenda precisa primeiro pesquisar a rede de fornecedores disponíveis para os insumos que o negócio necessita. Assim, fica mais fácil saber qual é o melhor custo benefício.

Nessa hora, deve ser considerado o preço dos itens; a qualidade dos produtos oferecidos; o tempo da entrega; a logística de carga e descarga; o cumprimento de prazos; as condições comerciais e a flexibilidade que os fornecedores ofertam aos seus clientes.

É bom lembrar que a escolha de bons fornecedores ajuda caso o produtor rural precise tirar dúvidas técnicas sobre os itens comprados. Opte por empresas que possuam um bom time de atendimento e assistência técnica agronômica.

3. Equipe de compras

Possuir uma equipe específica de compras em um negócio rural é muito importante na hora de implementar a gestão de compras.

Procure por um funcionário da fazenda que possua a capacidade de negociar com os fornecedores para estar à frente dessa área.

Em um negócio rural, é comum que os colaboradores possuam funções compartilhadas, mas nesse caso ter uma profissional responsável pela gestão de compras é uma atitude estratégica.

As compras de insumos são os maiores gastos de uma fazenda, por isso é importante saber pedir descontos e buscar as melhores condições de pagamento. Com uma equipe de compras, esse processo é mais ágil e eficiente.

4. Pesquisa de preço e taxas de juros

A fazenda já tem um bom controle de estoque, ótimos fornecedores e uma equipe de compras com capacidade de negociação, qual o próximo passo? Pesquisar os preços e as taxas de juros antes de fechar negócio.

Não feche uma compra – por menor que seja – na primeira proposta. Isso vale para o pacote principal da safra, o repique, os insumos e para os produtos destinados à manutenção de maquinário.

Fique ligado nas tendências do mercado e se planeje para fechar as compras no melhor momento possível, não deixe para última hora! Também fique atento aos prazos dos pagamentos.

5. Atenção à logística

A logística é um ponto importante na hora de fechar uma negociação de compras, porque muitas vezes o responsável pelo transporte dos itens é o próprio produtor rural.

No Brasil, os gastos com frete de produtos são altos. Já que o país não possui grandes trechos de malha ferroviária (como outros países com tradição agrícola) e o principal meio de transporte é por rodovias com caminhões.

Por isso, busque fornecedores próximos ou que cubram a taxa de frete dos produtos. Outra opção é combinar com fazendas vizinhas de fazer o fretamento de produtos em conjunto, assim os dois negócios economizam em logística.

Conclusão

Nesse artigo foram apresentadas 5 dicas para a implementação da gestão de compras em negócios rurais.

Falamos sobre controle de estoque, bom relacionamento com fornecedores, equipe específica para compras com capacidade de negociação, pesquisa das melhores taxas e valores e da logística na hora de adquirir itens para fazenda.

Uma maneira de integrar todos esses passos é a utilização de um software de gestão agrícola, como o ERP AgriManager do Grupo Siagri.

Ele possui um funções específicas para gestão de compras, com funcionalidades para monitoramento de estoque, cotações, aprovações de compras e relatórios que podem ser acessados com rapidez.

Assim fica bem mais simples implementar a gestão de compras em uma fazenda, não deixe de solicitar uma demonstração com um de nossos consultores.

Leonardo Borges Mendonça

Leonardo Borges Mendonça

Administrador, com MBA em Gestão de Negócios, Controladoria e Finanças. Mais de 10 anos de experiência em gestão e tecnologia para agronegócio. Especialista em desenvolvimento e auditoria de processos na gestão de produção rural.