fbpx
07 de outubro de 2019

AGRONEGÓCIO: Startup do Grupo Siagri leva software para gestão do agronegócio ao 4º Congresso Nacional de Mulheres do Agro

MyFarm, startup do Grupo Siagri, foi lançada em abril na Agrishow e 30% da sua carteira de clientes é composta por mulheres

Em abril desse ano foi lançado em Ribeirão Preto o software MyFarm, para gestão de fazendas de grãos. A plataforma pode ser usada no computador ou aparelhos mobile, trazendo informações como resultados da safra, atividades agrícolas com mapas de calor, controle de maquinário, gestão financeira, controle do estoque de produtos usados na lavoura e a média da produção, mostrando qual talhão é o mais produtivo. Além disso com ele ajuda a gerar o Livro Caixa do Produtor Rural e mantém conformidade com a emissão NF-e e MDF-e. O MyFarm foi apresentado para o público na Agrishow 2019 e desde então tem ajudado produtores rurais a aprimorar a gestão do negócio. Na próxima semana, a startup participa também do 4º Congresso Nacional das Mulheres do Agronegócio, em São Paulo, nos dias 8 e 9 de outubro.

Tecnologia e gestão para mulheres do agro

Nos primeiros nove meses de mercado do MyFarm, foi apurado que 30% dos gestores das fazendas que utilizam o software são mulheres. Esse número reflete a pesquisa realizada pela Associação Brasileira do Agronegócio (ABAG), que também aponta que cerca de 30% dos cargos de gestão são ocupados pelo público feminino. 

Neste cenário, a startup decidiu levar sua tecnologia e gestão ao evento, que terá o tema “AGIR – Ação Global: Integração de Redes”, abordando assuntos pertinentes ao agronegócio. O produto estará na startup zone, no stand 17, onde as visitantes do evento poderão conhecer os benefícios do uso do sistema para a gestão de fazendas.

Melhorias essas que são comprovadas por Lillian Martins Rodrigues, gestora financeira da agropecuária Gustavo Goellner de Primavera do Leste-MT. “O MyFarm melhorou bastante a gestão de pessoas e a tomadas de decisões na empresa. Notamos também a diminuição do retrabalho e adquirimos uma ampla visão do que vamos colher na safra, antes que ela comece, nos dando o custo da lavoura” destaca Lilian.

A agente de negócios do MyFarm, Márcia Lima, que será uma das representantes da startup no congresso, destaca que as mulheres vêm superando desafios e quebrando preconceitos ao assumir a gestão de negócios agrícolas. “Nossas clientes são adeptas a novas tecnologias e estão sempre em busca de rentabilidade para o negócio. O MyFarm proporciona os dois a elas. As mulheres do agro buscam cada vez mais eficiência operacional e durante o 4º CNMA queremos mostrar a melhor forma de atingirem este objetivo”, ressalta Márcia Lima.

Thais Cruz

Thais Cruz
LinkedIn
Graduada em Jornalismo com MBA em Gestão Empresarial e Marketing. Analista de Comunicação na Siagri.
Ver todos

Precisa de soluções para o agronegócio?

Solicite-nos um contato e fale com um de nossos consultores comerciais

Agende uma visita