fbpx
Agronegócio
Publicação em 22 de setembro de 2020

A tecnologia no agronegócio: acessível para todo produtor rural

Sem dúvidas, o agronegócio é um dos setores mais representativos da economia brasileira. Em 2019, gerou R$ 1,55 trilhão em produtos e serviços, segundo a Confederação Nacional de Agricultura e Pecuária (CNA). E para garantir o abastecimento do mercado, a tecnologia no agronegócio e investimentos em inovação já são uma realidade.

Transformando isso em dados, em uma pesquisa realizada pelo Ministério da Agricultura, estima-se que 67% das propriedades rurais já utilizam algum tipo de tecnologia!

O uso de tecnologias em toda a cadeia produtiva de alimentos contribui efetivamente para a melhoria do processo e aumento da produtividade.

Porém, sabemos que não é tão simples assim para o produtor investir em tecnologias para o campo, principalmente para quem sofre com a falta de acesso à internet. E para que essa inovação seja acessível, é preciso que a conectividade chegue a todos os pontos do negócio, não apenas no escritório.

Hoje, essas questões começam, aos poucos, a serem superadas pelo agronegócio, justamente pelo número de produtores interessados em atuar com mais eficiência no campo, buscando por soluções mais acessíveis.

Mas quais são essas soluções? Como saber o que é certo para a sua fazenda? O que considerar?

Primeiramente, vamos entender o cenário da tecnologia no agronegócio

A tecnologia chegou para auxiliar o setor do agronegócio. Atualmente, o agricultor já consegue, por exemplo, monitorar sua plantação de diversas formas, sem precisar sair do conforto de sua casa.

A maioria dos pequenos produtores não possui o mesmo poder aquisitivo dos grandes, mas algumas necessidades e as “dores” continuam sendo bastante próximas.

Mas então, como o produtor rural que possui poucos recursos financeiros pode aplicar a tecnologia em sua produção? Como conseguir otimizar tempo e economizar? Existe saída para uma agricultura mais acessível?

A resposta para essas e outras questões semelhantes, podem estar na melhoria do planejamento e da gestão.

A tecnologia pode ser acessível para o agronegócio? De que maneira?

Considerando a existência de inúmeras oportunidades nas diversas cadeias produtivas vinculadas ao agronegócio que podem ser melhoradas com a ajuda da tecnologia.

Então sim, a tecnologia no agronegócio pode ser acessível!

Ao tratar de grandes produtores, existem opções no mercado que são capazes de oferecer soluções que ajudem sua fazenda de ponta a ponta. Mas ainda assim, a falta de planejamento e organização podem atrapalhar um momento de decisão.

Isso porque, antes mesmo de investir em uma tecnologia para sua fazenda, sendo em um sistema de gestão ou em um maquinário, existem vários pontos a serem considerados: desde as atividades de plantio, manejo, colheita, venda dos grãos até a gestão de estoque e financeira.

“Já registro as informações em planilhas, isso não é suficiente?”

Essas ferramentas podem até funcionar a curto prazo. No entanto, depender de cadernos de anotações ou planilhas para manter registros pode acabar em prejuízos.

Você sabia que 88% das planilhas mais simples possíveis ainda apresentam erros?

Essa pesquisa realizada por estudantes de economia de uma universidade do exterior, mostra que mesmo as planilhas sendo de fácil manuseio ou mais flexíveis, não aparecem vantagens significativas quando comparadas com uma ferramenta exclusiva para o agro, como:

  • Registro de tudo o que você precisa, podendo consultar sempre que necessário;
  • Informações completas sobre planejamento, colheita, safras, maquinários, entre outros;
  • Menos tempo gasto em planilhas complexas e mais tempo gasto no planejamento estratégico;
  • Sistema exclusivo para o agro, com todas as necessidades do produtor;
  • Ajuda para tomar decisões baseadas em dados e não mais em “achismos”;
  • Informações necessárias para a próxima safra e planejamento da mesma.
  • E muito mais!

Ou seja, registrar toda a sua atividade no campo em planilhas ou cadernetas, pode não ser a melhor opção se você deseja ter uma análise mais preditiva da propriedade para conseguir tomar atitudes no momento certo. Pense nisso!

Conclusão

A tecnologia já começou a mudar os resultados das safras, aumentando a produtividade e reduzindo perdas no campo. As aplicações tecnológicas já são encontradas em diversas fazendas, e esse cenário mostra-se favorável.

Novas tecnologias, ferramentas, sistemas e máquinas tendem a surgir a todo momento, por isso, cabe ao gestor da fazenda, optar por aquilo que mais se encaixa em suas necessidades.

Nesse cenário de recuperação econômica, a transformação digital é a resposta aos grandes desafios atuais do agronegócio. Afinal, o agronegócio não para!

Sendo assim, a tecnologia no agronegócio está se tornando cada vez mais acessível para o produtor rural, que pode aproveitar a oportunidade para ter uma gestão ainda mais eficiente, desde o seu plano de safra até a contabilidade. Considere o investimento como algo vital para o crescimento rentável do seu negócio.

Cicilio Manfroi

Cicilio Manfroi

Arquiteto de Soluções no Grupo Siagri há mais de 8 anos. Responsável pela estruturação de oferta do ERP AgriManager de encontro com a produção agrícola, beneficiamento de sementes e beneficiamento de algodão.