fbpx
Agronegócio
Publicação em 23 de outubro de 2020

Como iniciar a transformação de propriedade para empresa rural?

Você já pensou alguma vez que pode ter uma empresa-fazenda potencializando os lucros gerados pela sua propriedade? Profissionalizar o trabalho realizado em sua fazenda é uma maneira de iniciar a transformação para empresa rural, tornando-a mais eficaz e compatível com nossa realidade de mercado.

Atualmente, para uma propriedade rural conseguir produtividade, rentabilidade e competitividade no mercado, precisa de planejamento e organização.

Mas por onde começar? Como identificar essa oportunidade? É possível ter um negócio rentável na empresa-fazenda?

Transformando a fazenda em uma empresa rural: primeiros passos

Toda propriedade rural é uma empresa de pequeno, médio ou grande porte.

Essa afirmação é importante e deve ser analisada pelo produtor rural, já que a sua propriedade gera renda, emprego e produz alimentos e outros insumos que são comercializados.

De forma resumida, a empresa rural é definida como aquela que realiza atividades agrícolas com produção voltada ao mercado visando lucro.

O objetivo de uma empresa rural não é apenas produzir. É obter o melhor custo-benefício dentro do mercado que se deseja explorar.

Portanto, é necessário conhecer o ambiente em que sua empresa está inserida, os detalhes da produção e comercialização do produto para obter os melhores resultados.

Como aplicar o conceito de empresa rural na fazenda?

Aplicar o conceito de empresa rural em sua fazenda passa por uma mudança no modo como se enxerga as atividades.

Aquela imagem de uma fazenda desorganizada, onde não há planejamento e as decisões são tomadas sem embasamento deve ser repensada.

Por isso, é fundamental uma boa administração e uma boa gestão rural!

Para ajudar você, separei algumas dicas para realizar esse planejamento e começar a repensar sua fazenda como uma empresa rentável e lucrativa. Confira:

Faça um estudo da situação atual da sua fazenda

Antes de começar a aplicar o conceito de empresa rural na sua fazenda, é fundamental fazer uma análise de tudo o que a sua propriedade possui neste momento em termos de capital, bens, equipamentos, animais e plantações.

Isso é relevante, porque um empresário precisa saber quais são seus ativos e passivos, ou seja, o capital que a empresa tem e as suas dívidas.

Nesse estudo, foque tanto em listar os pontos fortes quanto os fracos para garantir que nenhum item foi esquecido.

O próximo passo dentro do plano de negócios é analisar quais as potencialidades de sua propriedade, como o tipo de solo, recursos naturais disponíveis, vegetação presente, entre outros.

Estabeleça metas a serem alcançadas com a sua empresa rural

Empresas bem-sucedidas se destacam por trabalhar com metas, ou seja, aquilo que se deseja alcançar em um determinado período de tempo.

As metas podem incluir desde aumentar a produção da propriedade nos próximos anos até diversificar as culturas.

Isso necessita uma boa organização, colocando as ações numa sequência lógica para que se chegue a um resultado final satisfatório.

Invista em bons equipamentos que otimizem seu trabalho

Para que sua fazenda se torne uma empresa rural lucrativa, é necessário que ela produza uma quantidade maior e com mais eficiência reduzindo os custos.

Nesse ponto, entram os equipamentos que contribuem para que o trabalho seja mais assertivo.

Inicialmente, pode parecer necessário um aporte financeiro muito alto, mas quando se faz uma análise mais criteriosa é possível descobrir formas de reduzir esse impacto.

Vale a pena se informar melhor a respeito das linhas de crédito rural que são oferecidas para produtores rurais!

Treinamento e capacitação dos seus colaboradores

Independente da sua fazenda ser familiar ou não, é preciso enxergar essas pessoas como colaboradores que utilizam seu trabalho para alcançar as metas previamente estabelecidas.

Isso significa que é importante investir em capacitação e treinamento para os seus funcionários poderem realizar um uso mais efetivo da tecnologia disponível.

É importante contar com profissionais especializados em áreas como administração, agronomia, veterinária, zootecnia, etc.

A dica é: pense na sua fazenda como uma empresa dividida em diversos setores, sendo que cada um tem um papel fundamental para o funcionamento correto do todo.

Uso de tecnologias para otimização das atividades

Os resultados da safra dependem de fatores externos que fogem ao controle do produtor rural, são eles: clima, economia, variação cambial, entre outros.

Mas os fatores internos, podem, na sua grande maioria, ser monitorados e melhorados adotando técnicas de gestão próprias para a administração eficaz.

A tecnologia é uma das grandes aliadas do campo e para quem deseja transformar sua fazenda em uma empresa rural, é importante contar com sistemas que possam otimizar e melhorar a gestão, desde a gestão do plano de safra até a contabilidade.

Sendo um negócio, é preciso investir em tecnologia que permita atender as necessidades comuns dele.

Por isso, busque por um sistema de gestão próprio para o agronegócio, permitindo o gerenciamento de todos os processos e atividades que envolvem sua fazenda.

E além do sistema de gestão especializado, você também pode considerar a utilização de outras inúmeras tecnologias aplicáveis ao agronegócio.

Conclusão

Na prática, o primeiro passo é sempre a mudança de mentalidade no modo como você vê a sua fazenda, passando a enxergá-la, realmente, como uma empresa rural.

Com boa administração e gestão, você será capaz de realizar o planejamento de sua empresa, levando em conta recursos financeiros, técnicos e de pessoal.

Conte com o Grupo Siagri para realizar essa transformação da maneira mais simples e tecnológica possível. Gerencie sua empresa rural de ponta a ponta com nossos softwares de gestão para produtores de grãos e algodão, clique aqui e conheça!

Cicilio Manfroi

Cicilio Manfroi

Arquiteto de Soluções no Grupo Siagri há mais de 8 anos. Responsável pela estruturação de oferta do ERP AgriManager de encontro com a produção agrícola, beneficiamento de sementes e beneficiamento de algodão.