fbpx
08 de junho de 2020

Gestão de custos para o produtor rural: controles básicos

O registro de dados sobre custos, despesas e investimentos realizados no seu negócio está sendo feito da maneira correta?  

Provavelmente, você ainda não sabe a resposta para essa pergunta.  

Para saber sobre isso, é importante que o produtor rural tenha um planejamento, controle e acompanhamento de sua atividade, mesmo que seja de forma simples.  

Sendo assim, uma gestão de custos bem feita é de extrema importância, pois traz à tona informações que muitas vezes ficam “mascaradas”, fazendo com que você não enxergue de verdade a sua lucratividade. 

Neste artigo, falaremos mais sobre esse tema, o porquê ele é tão importante para o produtor e como classificar seus custos.  

Em resumo, o que engloba a gestão de custos? 

A gestão de custos identifica, coleta, mensura e classifica informações que são úteis aos gestores para o custeio (determinar quanto algo custa), planejamento, controle e tomada de decisões. 

Essa gestão também envolve controlar custos durante o processo produtivo. 

Dessa maneira, garantimos a sustentabilidade da fazenda e é possível fazer planejamentos mais assertivos conforme o andamento da safra. 

Contudo, nem sempre é fácil ter o conhecimento real dos custos de produção agrícola. Isso exige registros constantes e o monitoramento da inclusão correta das informações. 

A importância da gestão de custos para o produtor rural 

A gestão de custos é tão importante quanto aumentar a produção, administrar a colheita e comercializar tudo com bons preços.  

Pode parecer simples em seu conceito, porém requer certa habilidade para ser realizada da maneira correta. 

A venda do produto agrícola, por ser commodity, segue o preço praticado pelo mercado, certo? 

Sendo assim, fica claro que é preciso realizar a gestão dos custos para encontrar uma maneira de aumentar o lucro. Reduzindo alguns custos, perdas e desperdícios, o produtor ganha em rentabilidade. 

Comece classificando seus custos 

Muitos produtores não têm ideia dos gastos reais da sua fazenda. Dividimos os custos em fixos e variáreis para melhor entendimento:  

Custos fixos 

São aqueles que não sofrem alteração de valor em caso de aumento ou diminuição da quantidade produzida do produto.  

Podem ser classificados como: pagamentos rotineiros de contas, fornecedores, funcionários, aluguel, terras, equipamentos, máquinas, entre outros. 

Custos variáveis  

Os custos variáveis são aqueles que irão variar de acordo com a quantidade produzida dos produtos agrícolas. 

Podem ser classificados como gastos com sementes, fertilizantes, defensivos, serviços de máquinas e equipamentos, entre outros.  

Ou seja, sem entender quais são os seus custos, o produtor perde o controle do seu planejamento e pode ficar no vermelho ao final de cada mês. 

Como gerir seus custos em 4 passos simples:  

Com os custos classificados entre fixos e variáveis, é muito importante que todos eles sejam registados, até mesmo aqueles que estão atrasados ou ainda não aconteceram.  

Para especificar esses gastos e ter um controle maior sobre eles, separamos 4 dicas simples:  

1.Tenha um controle do estoque, com o registro de tudo que foi gasto com os produtos ali guardados. Procure relacionar todos os itens que você possui, anotando suas quantidades e valores. Logo, isso o ajudará a saber quanto você tem de estoque disponível mesmo antes que cheguem novos produtos recém comprados.    

Conteúdo sugerido: Gestão de compras e estoques para o produtor rural  

2. A cada operação agrícola, peça para o operador anotar quanto foi utilizado de cada insumo. Para um controle maior sobre o que foi usado e o que está disponível, sugerimos a utilização de um sistema que automatiza essa atividade.  

3. Tenha registrado também o custo do serviço de terceiros, como o reparo de máquinas e equipamentos, mão-de-obra temporária, transporte externo, entre outros.  

4. Mantenha todos esses registros em local seguro, e de preferência em um só lugar, permitindo a visualização do todo do negócio. 

Você pode começar sua gestão de custos entendendo melhor sobre o seu fluxo de caixa, com tudo o que entra e sai do seu negócio.  

Gestões tradicionais envolvem a utilização de planilhas eletrônicas, como o Excel, e as mais desenvolvidas utilizam os softwares de gestão agrícola

Nessas soluções, suas informações ficam registradas em local seguro e muito mais organizadas, sem chances de perdas ou confusões na hora de analisar para onde está indo o seu dinheiro.  

Com o que vimos aqui, você conseguirá começar essa gestão de custos, iniciando o controle da fazenda. Vamos juntos!  

Cicilio Manfroi

Cicilio Manfroi
Arquiteto de Soluções no Grupo Siagri há mais de 8 anos. Responsável pela estruturação de oferta do ERP AgriManager de encontro com a produção agrícola, beneficiamento de sementes e beneficiamento de algodão.
Ver todos

Precisa de soluções para o agronegócio?

Solicite-nos um contato e fale com um de nossos consultores comerciais

Agende uma visita