Gestão de similaridade para o distribuidor de insumos agropecuário

Compartilhe

Em seu negócio, a organização nas substituições de produtos de mesma marca vem sendo realizada? Você sabe como fazer essa gestão de similaridade?

Um dos maiores desafios do distribuidor neste cenário é, justamente, otimizar esse processo sem erros e criar uma cultura na empresa para realizar o processo de padronização de produtos que possam ser utilizados de maneira mais prática nas vendas.

A ideia de realizar a gestão de similaridade, ou de padronização, já é amplamente usada em muitos setores do mercado. Desde políticas e estratégias governamentais até o setor de compras da empresa.

Mas, ainda existem algumas dúvidas sobre como realizar essa gestão da maneira mais simples e fácil possível. E é o que irei explicar neste artigo!

O que é a gestão de similaridade, afinal?

Sabemos que o setor de compras de uma distribuidora de insumos agropecuários é responsável por realizar negociações com fornecedores, tendo a missão de, sempre que possível, reduzir custos e manter a qualidade dos produtos adquiridos.

Sendo assim, podemos classificar a gestão de similaridade como uma ferramenta de apoio na gestão comercial, para que a equipe saiba quais produtos podem ser substituídos por um semelhante no momento da negociação.

A adoção desta padronização contribui para a competitividade e sua lucratividade.

Em outras palavras, isso requer planejamento, criatividade e flexibilidade para adaptar processos de vendas à necessidade do distribuidor, com rotinas mais produtivas.

Como funciona na prática?

Primeiramente, para realizar a gestão por similaridade é necessário organizar e cadastrar todos os produtos com as devidas parametrizações.

Considerando um defensivo de marca X e outro de marca Y, a substituição por similaridade aconteceria da seguinte maneira:

Trocar o produto “Defensivo X” por “Defensivo Y”. Ambos são similares, mas de marcas diferentes.

Na gestão de similaridade, o vendedor também pode realizar a substituição por vínculo. Isso pode acontecer da seguinte maneira:

Substituir 2 produtos de 500ml cada por apenas 1 produto de 1L.

Os benefícios da gestão de similaridade para o distribuidor

A padronização busca normatizar e organizar processos com a finalidade de aumentar a produtividade e os lucros, fazendo com que o produto atenda às expectativas de maneira mais simples, com menor custo e com a menor variação possível.

Para a distribuição, a gestão de similaridade oferece benefícios nas mais diversas áreas:

  • Gestão de estoque com maior eficiência e organização;
  • Controle da gestão de compras com a real necessidade de aquisição;
  • Facilidade no escoamento com substituição facilitada de produtos;
  • Tenha mais organização no faturamento e conte com processos mais produtivos.

4 passos para aplicar a gestão de similaridade na distribuição

O processo de padronização ocorre ao analisar as estratégias e dados e, desta forma, traçar moldes para as futuras ações.

Logo, isso quer dizer que é necessário seguir alguns passos para começar a inserção. São eles:

1. Identificar os itens a serem padronizados

A ideia é identificar quais são os itens com alta recorrência no processo de compras. Quanto maior a quantidade de itens selecionados, mais abrangente será esta padronização.

2. Analisar o processo de compras e vendas

Assim, após visualizar quais produtos e serviços são mais recorrentes, é o momento de compreender o processo de compras. O gestor deve ficar atento a quantidade de cada insumo, tempo de duração, fornecedor e valores.

3. Criar um padrão de parametrização

Dessa maneira, fica mais simples visualizar o comportamento das informações do setor, onde a equipe pode criar ou absorver uma padronização.

4. Integrar com um sistema de gestão

Como você já sabe, o sistema de padronização não deve ser exclusivo do setor de compras. O ideal é que a empresa padronize todo o processo, afinal, reduzir custos e potencializar resultados são itens bem-vindos em todos os setores.

Então, como realizar essa gestão de vendas e logística na distribuição contando com soluções específicas para o distribuidor?

Realizamos uma live exclusiva do SiagriTalks para distribuidores sobre o assunto, onde mostro na prática como fazer o planejamento de entrega, gestão de similaridade e roteirização do ERP AgriBusiness e Siagri BI, softwares para gestão de distribuidores de insumos. Confira:

Sendo assim, com processos organizados e padronizados, fica mais fácil atender às expectativas do cliente da melhor forma possível.

E para finalizar, não se esqueça que a gestão de similaridade é fundamental para a eficiência nos processos do dia a dia em uma unidade de distribuição, contribuindo para a redução de erros e retrabalhos!

Publicado por:
Coordenador de Consultoria em Gestão com mais de 10 anos de experiência no agronegócio. Especialista em Liderança e Gestão Empresarial e Processos Gerenciais e Administração de Empresas.