fbpx
Agronegócio
Publicação em 25 de março de 2021

Tudo sobre planejamento financeiro para produtores rurais

Para que se tenha um bom andamento de qualquer negócio, o planejamento financeiro é essencial. Com as propriedades rurais isso não é diferente, ele ajuda tanto na gestão agrícola como na tomada de decisões.

O planejamento das finanças faz parte da gestão rural e possui algumas etapas importantes, neste artigo falaremos sobre cada uma delas.

O que é planejamento financeiro?

O planejamento financeiro é uma ferramenta da administração de finanças, que pode ser definido como o processo de organização econômica de um negócio.

Com ele, o produtor rural passa a conhecer a situação atual de sua fazenda, traça metas e estabelece os melhores caminhos para alcançá-las.

A partir desse planejamento, o gestor de uma fazenda tem clareza sobre todas as suas movimentações financeiras, entende melhor seus resultados, controla a entrada e saída de recursos e consegue implementar seu orçamento de maneira mais eficaz.

Como fazer planejamento financeiro em uma fazenda?

Em um negócio agrícola existem algumas etapas que podem ser seguidas para a realização de um bom planejamento financeiro.

Ele deve ser focado sempre em metas que façam com que o negócio cresça cada vez mais, por isso os objetivos do produtor rural devem ser bem claros.

Depois de definidas as metas, é hora de traçar um plano para alcançá-las. Com uma lista de tarefas essa etapa fica mais fácil. O produtor rural precisa ainda prever suas possíveis dificuldades e estabelecer prazos.

Diagnóstico financeiro

O diagnóstico financeiro serve para saber em que situação está o negócio rural. Nele é feita a análise das safras anteriores (gastos, produção e lucro).

Mas também é importante saber outros detalhes como as culturas que foram plantadas, as operações agrícolas, os insumos comprados, o uso de defensivos, entre outros.

Quanto mais informação melhor, os dados atualizados ajudam o produtor a ter uma visão maior de seu negócio.

Registro de receitas, custos e despesas

Todas as entradas de dinheiro em um negócio são as receitas, e todas as saídas são as despesas. As receitas são geralmente adquiridas por meio de vendas, prestação de serviços, arrendamento de terra e aplicações financeiras (investimentos).

Já as despesas são todos os gastos de um negócio rural, como a compra de insumos, a folha de pagamento da mão de obra, os serviços contratados, gastos tributários e outros.

Esses registros devem estar sempre atualizados, pois assim o produtor rural saberá se precisa de algum financiamento. Além disso, através do registro ele sabe quais setores do negócio exigem mais capital e pode traçar planos para que esses gastos sejam diminuídos.

Análise de fluxo de caixa

Uma ferramenta muito utilizada para controle financeiro é o fluxo de caixa, ela serve para acompanhamento das entradas e saídas de capital de um negócio.

Ele pode ser feito diariamente, semanalmente e mensalmente usando cálculos de soma e diminuição. Por exemplo, ao final do dia o produtor rural pode somar todas entradas no caixa do negócio e diminuir o valor total pelas saídas resultando no balanço do dia.

Isso provoca um controle diário, proporcionando mais visão para o futuro financeiro do negócio. Com o fluxo de caixa é possível estabelecer ações preventivas e aproveitar melhor as sobras de caixa.

Além disso, na análise de fluxo de caixa é possível observar as previsões de contas a pagar e dos pedidos que ainda não foram entregues.

Como por exemplo, os contratos de venda da produção que ainda não está com os clientes, mas já tem data de pagamento (entrada de capital na empresa).

O Blog Siagri possui um texto todo voltado para esse tema, caso queira saber mais acesse “Entenda o fluxo de caixa do produtor rural”.

Controle de estoque

Em um negócio rural, o controle de estoque deve ser feito com muita atenção já que evita a compra de insumos desnecessários e acompanha a capacidade de armazenamento de produtos da fazenda.

Saiba a quantidade exata de cada produto que está em seu estoque, e quanto isso significa em dinheiro. Além disso, vale a pena fazer orçamentos dos insumos necessários com antecedência pois isso pode gerar economia.

Outra opção, utilizada por produtores rurais para evitar furtos de produtos químicos caros, é armazenar esses insumos em lugares terceirizados (longe da fazenda).

Use um software de gestão rural

A centralização das informações do seu negócio rural otimiza a análise delas. Com um software de gestão rural, o produtor rural possui controle de todas as áreas de sua fazenda.

Nele é possível fazer o plano de safra, registros de caixa, analisar índices orçamentários, fazer aprovações de compras por departamento (evitando gastos além do planejado), realizar o controle de estoque de insumos e movimentações dentro do armazém, dentre outras funcionalidades.

As soluções tecnológicas do Grupo Siagri já auxiliam o agronegócio há 23 anos, e podem ajudar a expandir o seu negócio agrícola. Conheça nosso ERP Agrimanager, voltado para produtores rurais de grãos, solicitando uma demonstração com um de nossos consultores.

Conclusão

Neste texto falamos sobre a importância do planejamento financeiro para produtores rurais. Em uma fazenda, existem alguns passos que devem ser seguidos para que ele seja bem feito.

As metas bem traçadas, o registro de receitas e despesas, o diagnóstico financeiro, o controle de estoque e o uso de um software de gestão rural podem fazer a diferença no caixa de um negócio agrícola.

Para saber mais sobre administração rural, leia nosso texto sobre o papel do gestor rural em uma fazenda.

Leonardo Borges Mendonça

Leonardo Borges Mendonça

Administrador, com MBA em Gestão de Negócios, Controladoria e Finanças. Mais de 10 anos de experiência em gestão e tecnologia para agronegócio. Especialista em desenvolvimento e auditoria de processos na gestão de produção rural.