O papel do ERP na gestão financeira do Agronegócio

Compartilhe

No agronegócio, uma gestão financeira eficiente é muito importante para garantir o sucesso e resultados de uma empresa.

Nesse contexto, os sistemas integrados de gestão empresarial, conhecidos como ERP (Enterprise Resource Planning),podem desempenhar um papel fundamental.

Um ERP é uma solução que integra e automatiza os processos de uma empresa, reunindo informações de diferentes áreas, como finanças, compras, estoque, produção e entre outros.

No caso do agronegócio, um ERP especializado pode oferecer recursos específicos para a gestão de atividades agrícolas, controle de custos, rastreabilidade, gestão de estoques e contabilidade.

A gestão financeira no agronegócio pode ser um grande desafio, por envolver uma cadeia complexa de suprimentos, envolvendo produtores, distribuidores, cooperativas, indústrias de processamento e exportadores.

Nesse contexto, a implementação de um ERP no agronegócio pode trazer uma série de benefícios.

Este artigo vai explorar a importância do ERP na gestão financeira do agronegócio, destacando como essa solução pode otimizar processos e impulsionar o crescimento das empresas do setor.

O que é um ERP e quais suas funcionalidades no agronegócio?

Um ERP (Enterprise Resource Planning) é um sistema integrado de gestão empresarial que centraliza e automatiza os processos e informações de uma organização.

Ele oferece um conjunto de módulos e funcionalidades que abrangem diversas áreas, como finanças, contabilidade, recursos humanos, compras, estoque, produção, vendas e distribuição.

Quanto às funcionalidades que um ERP pode contribuir no agronegócio estão:

Gestão de estoque

O agronegócio lida com produtos perecíveis, como grãos, frutas, hortaliças e produtos agropecuários, ou seja, com a gestão de estoque.

Um ERP para o agronegócio deve ser capaz de rastrear a origem dos produtos, controlar a validade, gerenciar lotes e garantir a qualidade e conformidade dos produtos armazenados.

Controle de custos

A gestão de custos é fundamental no agronegócio, considerando os altos investimentos em insumos, maquinários, mão de obra e logística.

O ERP deve permitir o monitoramento detalhado dos custos envolvidos em cada etapa do processo, como preparo do solo, plantio, colheita, transporte e armazenamento.

Rastreabilidade

A rastreabilidade é um requisito crucial para o agronegócio, principalmente para atender às exigências regulatórias e garantir a segurança alimentar.

O ERP deve conseguir rastrear a origem dos produtos, registrar informações sobre o uso de agroquímicos, identificar lotes específicos e fornecer informações detalhadas sobre a cadeia de produção.

Planejamento agrícola

Um ERP adequado ao agronegócio deve oferecer recursos para o planejamento agrícola, como a programação de cultivos, controle de safras, gestão de variedades de culturas, análise de produtividade e previsão de demanda.

Contabilidade

O ERP no agronegócio precisa contemplar aspectos específicos da contabilidade agrícola, como o registro e acompanhamento de custos por cultura, gestão de depreciação de máquinas agrícolas e tratamento contábil adequado para atividades de agronegócio.

Ao adotar um ERP especialista no agronegócio, as empresas do setor podem otimizar sua gestão financeira com base em dados confiáveis e obter uma visão abrangente das operações, impulsionando assim sua competitividade e crescimento no mercado.

Conheça o ERP Agrimanager

Benefícios do ERP na gestão financeira do agronegócio

O ERP pode impulsionar a eficiência e o crescimento financeiro das empresas agrícolas, fornecendo ferramentas essenciais para uma tomada de decisões mais estratégicas.

Nesse sentido, conhecer os benefícios dessa ferramenta é essencial para aproveitar o máximo que ela pode oferecer.

Alguns dos benefícios do ERP para empresas agrícolas são:

Integração de processos e centralização de informações

Um dos principais benefícios do ERP na gestão financeira do agronegócio é a integração de processos e a centralização de informações.

Com um ERP, todas as áreas da empresa podem compartilhar dados em tempo real, eliminando a necessidade de múltiplas planilhas e sistemas isolados.

Isso permite uma visão completa e atualizada das operações financeiras, facilitando a identificação de oportunidades, a detecção de problemas e a tomada de decisões mais ágeis.

Otimização da gestão de custos e despesas

A gestão de custos e despesas é fundamental no agronegócio, considerando a necessidade de controlar os gastos com insumos, mão de obra, maquinário, transporte, armazenamento, entre outros.

Com um ERP, é possível registrar e monitorar todos os custos relacionados às diferentes etapas da produção, permitindo uma análise detalhada e o estabelecimento de estratégias para redução de despesas, aumento da eficiência e maximização dos lucros.

Controle de estoque e rastreabilidade na cadeia produtiva

Um ERP adequado ao agronegócio oferece recursos para o controle de estoque e rastreabilidade na cadeia produtiva.

Com essa funcionalidade, é possível acompanhar em tempo real a entrada e saída de produtos, controlar a validade, gerenciar lotes e identificar a origem dos produtos.

Isso contribui para a rastreabilidade, permitindo a rastreamento completo da cadeia produtiva, desde a produção até a distribuição, garantindo a conformidade com as regulamentações e a qualidade dos produtos.

Análise e previsão de demanda

Com um ERP, é possível coletar e analisar dados sobre a demanda de produtos agrícolas, permitindo uma previsão mais precisa.

Com base nessas informações, as empresas podem ajustar suas estratégias de produção, planejar melhor a alocação de recursos e antecipar possíveis oscilações de mercado.

A análise e previsão de demanda facilitam a tomada de decisões estratégicas, evitando estoques excessivos ou escassez de produtos, maximizando assim as oportunidades de vendas e reduzindo os custos associados.

Tomada de decisões com base em relatórios financeiros precisos

Um ERP fornece relatórios financeiros precisos e atualizados, permitindo uma análise baseada nas informações financeiras da empresa.

Com acesso a dados confiáveis, as decisões podem ser tomadas com foco em reduzir o risco de erros ou decisões baseadas em suposições.

A tomada de decisões com base em relatórios financeiros precisos contribui para uma gestão financeira mais eficiente e eficaz.

Implementação de um ERP no agronegócio

Um dos principais desafios na implementação de um ERP no agronegócio é escolher o sistema adequado às necessidades específicas do setor.

É essencial realizar uma análise criteriosa das funcionalidades oferecidas pelo ERP e garantir que ele atenda às demandas específicas do agronegócio, proporcionando soluções eficientes para os desafios do setor.

É necessário garantir que o ERP seja compatível e capaz de trocar informações de forma eficiente com os sistemas pré-existentes.

Uma integração bem-sucedida é essencial para evitar redundâncias, perda de dados e incompatibilidades que afetem a operação da empresa.

A segurança e proteção de dados são aspectos críticos na implementação de um ERP. O agronegócio lida com informações confidenciais, como dados financeiros, registros de produção e informações de clientes.

É imprescindível garantir que o sistema ERP adotado tenha medidas robustas de segurança para proteger esses dados contra acessos não autorizados, violações de privacidade e perdas.

Além disso, é importante implementar políticas e práticas de segurança da informação e realizar backups regulares dos dados para evitar a perda de informações.

Nesse sentido, o Siagri Agrimanager é uma excelente opção de ERP para empresas do agronegócio que se enquadra em todos os requisitos apresentados, inclusive para a gestão financeira.

Case de sucesso Agropecuária Rizzi e ERP Siagri Agrimanager

A Agropecuária Rizzi, empresa especializada na produção de grãos, é um exemplo que obteve sucesso na implementação do ERP Siagri Agrimanager e que enfrentava um grande desafio relacionado à otimização do tempo de trabalho em sua empresa rural.

Com o software anterior que utilizavam, era necessário lançar os dados duas vezes no sistema, resultando em desperdício de tempo e perda de produtividade para os colaboradores.

No entanto, após a implementação do ERP Siagri AgriManager, a realidade mudou significativamente. Agora, eles só precisam lançar os dados uma vez no sistema, graças à integração entre todos os módulos do software.

Desde a parte fiscal, administrativa, contábil até o gerenciamento da safra, todas as informações estão conectadas em uma única plataforma.

Nesse sentido, essa integração trouxe inúmeros benefícios. Primeiramente, o tempo e o esforço gastos com lançamentos duplicados foram eliminados, permitindo que os colaboradores se concentrassem em outras atividades importantes.

Além disso, AgriManager garante informações confiáveis e atualizadas em tempo real. Isso é essencial para a manutenção do Livro Caixa Digital do Produtor Rural em conformidade com a legislação.

Com o software, a empresa também pode registrar todas as movimentações financeiras e operacionais de forma organizada e precisa, simplificando o processo de controle e facilitando a prestação de contas.

Por fim, a Agropecuária Rizzi obteve maior agilidade, eficiência e confiabilidade em sua gestão financeira e operacional.

Conheça ERP Agrimanager e solicite uma demonstração para entender como realizar a gestão financeira do seu negócio.

Conheça o ERP Agrimanager

Publicado por:
Formada em Comunicação Social Audiovisual, pós-graduada em Linguagens e Processos de Realização para o Cinema e Analista de Conteúdo na Aliare.