5 práticas sustentáveis no campo aliadas dos produtores rurais

Compartilhe

A busca pela implantação de práticas sustentáveis no campo vem sendo cada vez mais procurada pelos produtores rurais nos últimos anos. Essa tendência se deve a diversos fatores como aumento da população mundial, novas tecnologias e a crescente necessidade de preservação da natureza.

Com mais sustentabilidade, as fazendas passam a utilizar melhor suas capacidades de instalação e melhorar a qualidade de seus produtos. Além disso, investir nessas ações maximiza a rentabilidade das safras e reduz custos operacionais.

Cada vez mais consumidores buscam produtos sustentáveis no mundo atual, por isso, ter uma visão de negócio além da parte financeira pode ser um diferencial de mercado.

Dar atenção ao meio ambiente fortalece a sua marca, neste artigo separamos as 5 principais práticas sustentáveis aliadas do produtor rural.

1. Busque por fontes de energia renováveis

As fontes de energia renovável são uma boa opção para produtores que querem manter sua taxa de produção alta e economizar em energia. Cabe a cada fazenda escolher o tipo que mais se encaixa a sua realidade, essa decisão deve levar em consideração clima da região e recursos disponíveis.

Energia eólica

A energia eólica é obtida pela força dos ventos, sendo muito comum em estados da região Nordeste do Brasil. Ela provém dos aerogeradores, também conhecidos como turbinas eólicas, que transformam a energia mecânica gerada pelo movimento das pás em eletricidade.

A desvantagem é que esse tipo de energia renovável só funciona em regiões com forte incidência de ventos, por conta disso, ela é uma boa opção de fonte de energia complementar que pode ser combinada com outras matrizes de abastecimento.

Energia solar

Como o nome já deixa claro, a energia solar é proveniente da luz do sol. Ela é captada por meio de usinas fotovoltaicas que possuem placas de captação que transformam a luz em energia dentro de um gerador.

No Brasil, esse tipo de energia já é bastante utilizado e serve para suprir o abastecimento da propriedade e também pode ser enviado para rede local em caso de produção maior que a necessária.

A maior vantagem dessa rede é que ela pode ser instalada em propriedades particulares, ou seja, ao investir em placas de energia solar sua fazenda pode chegar a ser autossuficiente em energia elétrica.

Biomassa

A biomassa é um tipo térmico de energia que utiliza resíduos orgânicos na produção de força, a maioria dos rejeitos orgânicos servem para este tipo de produção de eletricidade. O método mais comum para transformar esses resíduos em energia é pela queima, assim como nas usinas de carvão mineral.

Um gerador transforma essa energia gerada pela queima da matéria-prima em biomassa, assim, já se pode ligar todo tipo de aparelho. Existe uma série de produtos da agricultura que podem ser utilizados para a queima, como o bagaço de cana-de-açúcar.

Em contrapartida, apenas grandes empresas do agronegócio optam por fazer uma Usina de Biomassa, pois elas necessitam de maiores espaços e estruturas.

Biodiesel

O biodiesel é um tipo de combustível que pode ser utilizado para alimentar diferentes tipos de motores, feitos a partir da redução à átomos de óleos vegetais. Esse tipo de combustível serve para abastecer tratores, caminhões, máquinas de beneficiamento e outros equipamentos.

2. Faça a rotação de culturas

Outra prática sustentável na agricultura que ajuda produtores rurais é a rotação de culturas, que tem como objetivo aproveitar a fertilidade do solo. Fazendo a rotação de culturas a drenagem do solo fica melhor e o controle de doenças e pragas também.

Vale a pena ler nosso texto sobre tipos de solo no brasil, e estudar mais sobre sua região e objetivos antes de decidir quais culturas entrarão na rotatividade da sua fazenda.

3. Implemente a adubação verde

Ainda sobre solo uma prática que vem ganhando o gosto dos produtores brasileiros é a adubação verde: sustentável e repleta de vantagens para o ambiente e o capital da fazenda.

Essa técnica promove a reciclagem dos nutrientes naturais dos solos ao devolver características físicas, químicas e biológicas a um terreno, reparando ou conservando uma área de plantio. Para saber mais sobre leia o texto: “Adubação verde: prática sustentável de nutrição do solo”.

4. Descarte corretamente o lixo gerado

Fazer o descarte correto das embalagens vazias dos defensivos agrícolas é uma prática importante para o meio ambiente. Os recipientes precisam ser lavados em alta pressão, inutilizados e entregues aos locais de recebimento indicados na nota fiscal. Cabe a indústria dar a correta finalização às embalagens.

5. Utilize a tecnologia a seu favor!

Já está comprovado que o uso da tecnologia no campo pode aumentar a produtividade das lavouras. Diversas frentes do agronegócio utilizam esses recursos da parte de maquinários agrícolas, do beneficiamento de sementes, sistemas de gestão da fazenda, drones agrícolas e outros.

Com certeza a tecnologia é uma grande aliada dos produtores rurais que buscam práticas sustentáveis no campo, e as soluções da Aliare fazem parte disso! No portfólio de uma das primeiras Big Techs do agro brasileiro estão:

  • ERPs;
  • CRM;
  • BI;
  • Startups;
  • E muito mais!

Acesse o portfólio de soluções completo.

 

 

Publicado por:
Arquiteto de soluções na Siagri com mais de 9 anos de experiência no agronegócio. Especialista em Ciências Contábeis e Sistemas ERPs.